Olá pessoas lindas, tudo bem com vocês???? Espero que sim!!!


Toda semana tem um assunto diferente nas redes sociais, mais tem um especifico que vira e mexe ele vem a tona. O batom da marca tal tem chumbo e não devemos usar porque causa câncer, faz você ficar com anemia, o chumbo vai corroer seu cérebro, você vai ficar burra e morrer.

Quem nunca recebeu um e-mail ou foi marcado em um compartilhamento de fotos assim? Esse tipo de assunto nunca morre né?! Sabe porque? Vem descobrir comigo o que é verdade e o que é mentira por traz dessa afirmação.


Batom tem chumbo mesmo. E outras substâncias também.

Porque os batons contém chumbo e outros metais mesmo. Algumas cores só são obtidas por meio de certos metais, e por isso estão presentes na formulação. O problema não é o chumbo estar presente no batom, é as pessoas acharem que não existe um nível em que isso não seja toxico ou danoso para a saúde.

O alumínio é acrescentado aos batons como estabilizador, afirmou Linda Loretz, toxicologista-chefe do Conselho de Produtos de Cuidado Pessoal: “Ele ajuda a impedir que as cores escorram”. O óxido de titânio é utilizado como agente branqueador, que ajuda a transformar o vermelho em rosa. Ambos os usos são aprovados pela FDA.

Por exemplo, fabricantes frequentemente utilizam flocos microscópicos de mica, uma formação mineral natural, para dar mais brilho ao gloss. A mica frequentemente contém metais como chumbo, manganésio, cromo e alumínio. E isso é utilizado não só em batons, mas em cosméticos no geral.


O Safe Cosmetics publicou uma pesquisa mostrando quais marcas contém chumbo e falou sobre as quantidades em cada uma delas. É importante notar que eles testaram determinadas cores de cada marca, mas a quantidade varia de acordo com as cores.


A quantidade que o FDA (que é tipo a Anvisa Norte Americana) recomenda e aprova de chumbo por alimento é 0,1 ppm. Algumas cores usam um pouco mais do que isso, e vocês podem notar pela pesquisa que são geralmente cores muito vermelhas ou vinho, com pigmentação muito forte.

Na análise publicada pela FDA em 2011, a maior presença de chumbo foi registrada no batom rosa floral escuro, e a menor, no protetor labial neutro. Um estudo europeu revelou que o batom marrom costumava apresentar as maiores concentrações de chumbo, ao passo que pesquisadores da Arábia Saudita demonstraram que as cores mais escuras tinham em média 8,9 ppm de chumbo, comparados com 0,37 nos batons de cores claras.

A FDA alega que como os batons são de uso tópico, ou seja, sobre a pele, o risco não pode ser comparado com o de ingerir alimentos com esses metais. Por outro lado, se pararmos para pensar, a gente acaba ingerindo batom por comer ou passar a língua nos lábios, então estamos sim ingerindo parte do produto. Mas mesmo assim, essa quantidade de 0.65 não é tóxica a saúde. Até seria, se você comesse um caminhão inteiro de batom todos os dias.

Nada que seja tóxico passa em testes e recebe autorização para ser comercializado

PS.: Desde que você siga as instruções de uso corretamente, afinal até produtos de limpeza e remédios fazem mal se usados de forma errada. 


Para um cosmético estar no mercado, ele passa por uma quantidade enorme de testes. Antes de receber a aprovação para ser comercializado ele precisa estar dentro das regras de diversas instituições e nenhuma delas aprovaria algo que seja tóxico a saúde.

Os especialistas dizem:
“Qualquer batom pode ter metais pesados, até porque algumas cores são fornecidas por alguns metais. Mas, em todos eles, a concentração é ínfima e não chega a fazer efeito. Precisa de um caminhão de batom para haver problema. Para que qualquer cosmético seja liberado para comercialização, é necessário passar pela Câmara Técnica da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O veneno está na dose. A água pode matar uma pessoa se ela beber 15 litros, por exemplo. Pode ter metal pesado, mas a quantidade é inócua. E é importante que a pessoa não vá comprar qualquer batom, mas que observe a fiscalização e o selo da Anvisa com a liberação.” Gilvan Alves, dermatologista e presidente do Congresso Brasileiro de Dermatologia 2013

“Os metais estão em toda parte. E essa é uma porção muito pequena, pequena demais para representar um perigo para a saúde”. Linda Loretz, toxicologista-chefe do Conselho de Produtos de Cuidado Pessoal.

Ao contrário do que a gente lê por aí, não existem provas concretas de que a ingestão do chumbo possa causar câncer ou cancro, mas a International Agency for Recearch on Cancer classifica o chumbo como possível cancerogênico para humanos (fonte).

Não se pode acreditar em tudo que você lê na internet

Na internet, tudo que choca e assusta faz muito sucesso. Sensacionalismo vende. Então é claro que as estórias de cosméticos tóxicos sempre superarão as que declaram que eles são seguros.

E muitas informações como o teste da aliança de ouro em cima de um risco de batom, são falsas. Assim também como a de “quanto mais o batom fixa na boca, mais chumbo ele tem”.

Eu acho meio engraçado que quando surge um boato desse na internet, as pessoas preferem acreditar e propagar do que pesquisar e descobrir se isso é mesmo verdade ou não. E a gente já tem na nossa mente aquela coisa de que chumbo é ruim e ponto final, porque isso é muito mais fácil de entender do que certas quantidades de chumbo são ruins e outras são seguras.

E além dos boatos sensacionalistas, vocês sabiam que algumas empresas que acabaram de lançar um batom sem chumbo também podem criar boatos para promover seus produtos? As vezes você tá aí fazendo propaganda de graça e nem se tocou sobre isso.

Mas no meio disso tudo há uma verdade: A maioria das marcas de batom têm chumbo em suas composições, e outros metais também. O ideal é que isso seja removido das fórmulas, porque a ingestão de certos metais é cumulativa. E mesmo que os níveis de metais presentes nas fórmulas, cientificamente falando, não sejam tóxicos ao corpo humano, não custa se cuidar.

É claro que com o tempo, novas pesquisas surgirão e poderemos ter acesso a batons sem chumbos e outros metais. Enquanto isso, se você considera os batons com chumbo e outros metais (quase todos) perigosos, evite retocar mais de 3 vezes ao dia, retire o batom antes de comer e não deixe cosméticos ao alcance de crianças.

E se você prefere usar batons que não contém chumbo, não confie em testes como aliança no batom, porque esses não funcionam, afinal, mesmo se você passar um pedaço de ouro sobre uma barra de chumbo (ou o contrário), nem o chumbo nem o ouro mudam de cor. Confie apenas em testes de laboratórios renomados.

PS: Não vou aceitar comentários aqui dizendo que a marca X ou Y tem chumbo, ou qualquer outro metal, a não ser que seja comprovado por alguma pesquisa confiável. Afinal estamos falando aqui exatamente de não propagar boatos, mas ter certeza das informações e aprender a usar a internet para pesquisar.



Em destaque

Como fazer a maquiagem durar o dia todo